motivação

O Dia da Motivação

Como toda segunda-feira, hoje é o dia da motivação. Aquele dia do ano em que você precisa dizer a si mesmo: Agora vai!

Esses dias eu assisti um vídeo no Youtube, um pedaço de um programa da BBC chamado Graham Norton Show. Bem massa, inclusive. Um programa de comédia que convida grandes celebridades que me deu uma grande lição sobre motivação.

O programa conta com zoeiras a cada dois segundos e de algumas perguntas inusitadas sobre a vida dessas pessoas. Porém, uma outra parte do programa é usado para que as celebridades deem conselhos de vida para as pessoas que estão na platéia. No vídeo de ontem estavam Will Smith e Kevin Hart. Dois grandes atores.

Na plateia estava Galia. Uma mulher com seus quase 30 anos, que jamais imaginou que receberia uma sessão de terapia ali mesmo.

Ela escreveu um de seus maiores medos em um papel que um membro do programa havia dado a ela antes do início do programa.

E, logo que o vídeo começa Graham, o apresentador, provoca tanto o Will Smith quanto o Kevin Hart sobre a grande quantidade de postagens sobre motivação que ambos publicam em suas contas do Instagram, para ajudar a audiência de ambos a destravarem barreiras e superar medos irracionais e limitadores.

E, logo em seguida ele puxa o cartão com o nome da Galia, que diz: Eu tenho medo de pés. O meu pé, o pé dos meus amigos. Eu não consigo olhar para eles, ser tocado por eles, nada. 

Em seguida o apresentador pede a Will Smith para responder primeiro, como a Galia pode superar o medo que ela tem de pés.

Com uma cara pensativa, ele vai direto ao ponto em dois segundos:

“Oh, essa é fácil. Vamos resolver esse medo agora”

Ele diz isso pulando do assento para tirar seu sapato e, enquanto tira o sapato (e todo mundo ri sem parar), ele diz: Galia, você só precisa vir aqui e enfrentar o seu medo. 

Ao mesmo tempo que ameaça tirar a meia e mostrar o pé para Galia.

E a Galia coitada, com uma cara meio grata e meio assustada olhando pro Will Smith, meio sem saber o que fazer, fica feliz quando o Graham Norton passa a vez para o Kevin Hart.

E o Kevin, com uma cara doce e com o olhar fixo na câmera entrega um dos mais simples e melhores conselhos que eu já ouvi:

“Galia, a melhor maneira de enfrentar o seu medo de pés é a seguinte: Você não pode dar um passo sequer na vida sem seus pés. Seu medo está te proibindo de progredir. No segundo em que você puder olhar para seu pé e entender que pés são as peças que você usa para avançar, seu medo ficará para trás.” 

No instante em que ele termina a plateia vai a loucura. Assim como Will Smith, Norton, e outros convidados que estão junto. Incluindo Naomi Scott, a atriz que interpretou a princesa Jasmin no filme Aladdin da Dysney solta um comentário cirúrgico:

O seu conselho foi como terapia Kevin. E o seu foi como uma medicação,  Will.

Quando eu terminei de ver isso, eu pensei imediatamente:

O que houve de diferente nos dois conselhos?

Os dois conselhos

Will Smith buscou resolver o problema através da ação. Ele quis que Galia pulasse na água gelada, encarasse seus demônios de tal forma que ela compreendesse que o mundo não para de girar enquanto ela se sente paralisada. E esse é um ótimo conselho! Mas a maioria das pessoas ainda tem medo demais para dar o primeiro passo. 

Kevin Hart, por outro lado, atacou o medo de Galia do ponto de vista da percepção. Ele mostrou que é possível olhar para nossos medos de forma significativa e que fazer isso é essencial para a vida. Olhando para nossos medos de frente podemos mudar nossa percepção sobre eles e ganhar poder através de um novo ponto de vista. 

Como enfatizou a princesa Jasmin  ou Naomi Scott: Medicação X Terapia.

Will Smith propôs que ao se aproximar do seu medo você se torna mais confortável ao observá-lo, e eventualmente ele pode ir embora. Algo parecido com uma vacina, ou medicação para uma doença: Aja dessa forma, e seu comportamento vai mudar!

Kevin, sendo extremamente doce e gentil, agiu mais como um terapeuta: oferecendo uma nova maneira de olhar para o mundo.

É isso que grandes terapeutas fazem: Eles fazem ótimas perguntas. Quando você é confrontado a considerar uma nova opinião ou ponto de vista isso não parece tao ameaçador quanto um convite para mudar o seu comportamento através de uma ação decisiva. 

Uma nova visão de mundo é algo que você pode tentar sem parecer difícil ou dolorido. Se você não gostar desse ponto de vista, você pode simplesmente dar meia volta. Não é tão intenso quanto: É preciso fazer isso. 

É algo muito mais suave como: você já tentou olhar essa questão por esse ângulo?

O ponto central de tudo isso que eu quero frisar é:

Mudança de comportamento é, antes de tudo, uma mudança em nossas identidades. 

Onde nasce a verdadeira motivação

Se você executar um hábito tempo suficiente, mesmo que ele exija seu esforço, em algum momento você começará a olhar para si mesmo como uma pessoa diferente!

Alguém que escreve todos os dias se torna um escritor. Alguém que resiste a vontade de fumar se torna um não fumante.

Mudanças de comportamento levam tempo. Mas podem acontecer também do dia para a noite. Se algo impactante demais acontecer com você isso pode mudar a sua auto-imagem: como você enxerga a si mesmo. Alguns incidentes e acidentes traumáticos causam esse efeito. Isso também pode ocorrer em acontecimentos positivos, aparentemente sem muita importância em nossas vidas.

Se um de seus pais morrer de diabetes, parar de ingerir açúcar não será mais uma escolha, será uma necessidade. Do mesmo jeito, começar um relacionamento pode ajudar a parar de trabalhar demais (o que aconteceu comigo, inclusive).

Minha namorada é uma mulher incrível, daquelas raras! Uma mulher super poderosa, independente e forte. Há poucos anos ela se envolveu com uma pessoa, se casou, teve duas filhas – com diferença de 1 ano entre uma e outra – enquanto estava presa em um relacionamento abusivo. Quando ela se deu conta de onde estava e a carga se tornou grande demais, se separou e se viu perdida, com duas filhas pequenas (uma de 1 ano e outra de 3 meses) e zero ajuda. Tendo que fazer tudo: criar as meninas e sustentar tudo.

Acima de tudo ela continua sendo uma mulher extremamente poderosa. Criar duas crianças completamente sozinha deixa isso muito claro. Entretanto, o impacto do relacionamento abusivo criou um buraco enorme em sua auto-imagem. Com muita frequência ela se vê duvidando de si mesma e de suas capacidades. Meu trabalho é lembrá-la constantemente da mulher poderosa e incrível que ela é, até que ela recupere essa visão de si mesma.

Conclusão

Para o bem ou para o mal, não importa se o que muda primeiro é sua identidade ou seus comportamentos. O resultado final é sempre o mesmo: Um novo você, tanto em percepção de mundo quanto em ações.

E não há fórmulas mágicas para que a gente consiga mudar hábitos ruins e superar medos inconscientes. O que funciona vai depender de quem você é, do hábito que você quer mudar e de como o seu ambiente é no momento da mudança.

Dito isso, há um componente que influencia a mudança de comportamento. Este tende a ser mais fácil de entender e lidar quando falamos de mudar primeiro nossas percepções, para depois mudar nossas ações: a Motivação.

Seja através da mudança de comportamentos ou da auto-imagem, mudar é difícil.

Ideias diferentes funcionam para diferentes pessoas. Mesmo que algumas delas funcione pra você em algum momento, o que funciona mudará várias vezes ao longo da vida. Mas, se você sentir que ainda não está pronto para tomar a ação necessária agora, tente um outro ângulo. Teste novas opiniões e pontos de vista. Motive a si mesmo com uma mudança de perspectiva. Por isso a motivação é tão essencial.

Você não precisa ter medo de pés. Mas a frase de Kevin hart vai funcionar pra você: No segundo em que você olhar para o seu medo e entender que é ele que está impedindo que você vá adiante, ele automaticamente ficará para trás. Portanto, trate isso como uma decisão simples, como comprar um ingresso para um show: Algo que não exige pensar duas vezes – mas que pode mudar sua vida para sempre!

E se você achar que esse tipo de texto e textos sobre startups vem te ajudando, entre nesse grupo do Telegram para receber muito mais conteúdo e mentoria gratuita: https://t.me/joinchat/J7tBz0kpYFVG-LUQ4IBlvw